Unidade de conservação
RVS Mata do Camucim

O Refúgio de Vida Silvestre (RVS) Mata do Camucim, primeiramente, foi definido pela Lei 9.860 de 12 de agosto de 1986 como Reserva Florestal ou Biológica visando à proteção das áreas necessárias dos mananciais de interesse da Região Metropolitana do Recife.

Todas as Áreas de Reserva Florestal e Biológica foram recategorizadas como Reservas Ecológicas pela Lei 9.989, de 13 de janeiro de 1987. Em 2011, mediante a Lei nº 14.324, a área foi novamente recategorizada como Refúgios de Vida Silvestre. Em tal instrumento, mantêm-se as condições gerais de utilização e manejo dadas na redação das Leis citadas anteriormente, assim como as restrições e normas estabelecidas especificamente para cada categoria de unidade de conservação. Enquanto categoria de Unidade de Conservação, os Refúgios de Vida Silvestre podem ser constituído por áreas particulares, desde que seja possível compatibilizar os objetivos da unidade com a utilização da terra e dos recursos naturais do local pelos proprietários.

O RVS Mata do Camucim possui área de 40,24 ha. A criação dessa unidade atende à conservação da vegetação de Floresta Estacional Semidecidual onde se encontra a espécie ameaçada Paubrasilia echinata (pau-brasil), bem como outras espécies do bioma Atlântico na região Nordestina, inclusive algumas integrantes do Centro de Endemismos de Pernambuco. Ressalta-se que esta região é considerada como uma das mais porções ameaçadas da Floresta Atlântica brasileira, contando com diversas espécies consideradas como em risco elevado de extinção.

O remanescente de Mata Atlântica situa-se no município de São Lourenço da Mata, na margem da barragem de Tapacurá, com área de 40,24 ha distribuída em propriedade privada. Insere-se na bacia hidrográfica do rio Cabibaribe.
A área de plantio de cana-de-açúcar no RVS e em sua Zona de Amortecimento é de (7,77%) e a área de vegetação nativa é de (38,04%). As áreas com estradas e massas d’água, ocupam respectivamente (0,20% e 0,83%). Áreas que são utilizadas para outros usos como, por exemplo, áreas de campo sujo com edificações, pastagens, capoeiras, pomar, vegetação secundária e áreas com árvores isoladas e ocupam a maior parte desta região (58,86%).

 

Endereço da sede provisória e Contatos
Instituto Agronômico de Pernambuco – IPA .
Av. Gen. San Martin, 1371 – Prédio Central – Ludoteca/Herbário – Bairro do Bongi Recife PE.
joselma.figueiroa@cprh.pe.gov.br

Conheça o Plano de Manejo da RVS Mata do Camucim

Conheça o Diploma Legal do RVS Mata do Camucim

Conheça a Ficha Técnica do RVS Mata do Camucim